Banner 2
Banner 2

Dicas de Saúde

As Doenças Fatais com Complicações em Diabéticos

Veja as Complicações Severas da Doença em Diabéticos

Avalie este post

Aproximadamente metade dos diabéticos no Brasil não sabem que são portadores da doença, isto porque o diabetes tipo 2 é assintomático.

Os sintomas do diabetes tipo 2 só surgem cerca de 6 anos depois da pessoas já ser diabética.

A diabetes é um doença crônica, ou seja, não tem cura, porém, o diabético pode ter uma melhor qualidade de vida, quando se alimenta com dieta adequada, medicação correta, hábitos saudáveis e também um acompanhamento médico. O tratamento da diabetes é controlar os níveis de glicose no sangue.

Veja Também: Médico Cria Programa Polêmico para Reverter o Diabetes Tipo 2 e o Pré-Diabetes

Regularmente os diabéticos realizam exames de hemograma ou utilizam aparelho de glicemia em jejum, para verificar os níveis de açúcar, caso a glicose esteja alta, pode se tornar perigoso.

Porém, em alguns casos, a glicemia alta em jejum tem outros motivos não relacionados a diabetes mellitus.

Um ponto importante dos tratamentos de diabetes se refletem em um efeito em que o açúcar diminui mais que o necessário, gerando um quadro de hiploglicemia.

A hipoglicemia é um condição grave, com riscos fatais para diabéticos. A hipoglicemia costuma acontecer muito com idosos, por isso, é necessário ter mais atenção aos idosos diabéticos.

A diabetes atinge todas as idades, nas crianças é a diabetes tipo 1, que também pode surgir em jovens. Os primeiros sintomas da diabetes em adultos são relacionados na maioria das vezes à diabetes tipo 2.

Outros tipos e fases da diabetes acontecem em mulheres grávidas, chamada de diabetes gestacional.

Quando os diabéticos não estão realizando acompanhamento médico, verificação da hipoglicemia, cardápios saudáveis e hábitos seguros, existe um risco da diabetes provocar complicações severas, aumentando o risco de doenças fatais.

Confira as causas da diabetes e verifique se você não está entre o grupo de risco de desenvolver a doença. Quanto mais antes for diagnosticada, melhor você poderá ter a diabetes controlada.

 

>> Tudo Sobre Diabetes e Controle da Glicose:

 

(VÍDEO) Diabetes pode ser a doença mais fatal em 2030

[videoyt]

[/videoyt]

 

(VÍDEO) Diabetes – Saiba tudo sobre a doença

[videoyt]

[/videoyt]

 

(VÍDEO) Diabetes Drauzio Varella

[videoyt]

[/videoyt]

 

(VÍDEO) Dietas para Diabetico Tipo 2 – Novo Cardápio

[videoyt]

[/videoyt]

 

Complicações Severas em Diabéticos

complicacoes-severas-em-diabeticos

As complicações da diabetes começa quando a glicose não está entrando nas células para produção de energia, com isso, o organismo cria uma nova alternativa para produção de energia, mas esta nova alternativa gera ácidos que aumentam o pH do sangue, levando para um caso emergencial grave, podendo ser fatal. Essa complicação é chamada de Cetoacidose Diabética.

Outros riscos envolvem o acúmulo de moléculas de glicose no fluxo sanguíneo. As complicações são muito comuns e silenciosas, algumas causas doenças fatais:

 

Rins Param

Causada por lesões em pequenos vasos sanguíneos por conta do aumento da glicose, é chamado de nefropatia diabética. Pode evoluir para uma insufiência renal crônica. Os rins param de funcionar.

 

Feridas com Infecção

Causada por lesões em fibras nervosas devido ao acúmulo de glicose. Ao ser lesada, as mãos e pés perdem a sensibilidade.

Caso sofra algum ferimento nessas regiões, pode gerar infecção e não cicatrizar facilmente.

 

Catarata

Causada pelo aumento permanente da glicose, pode ocorrer no diabetes tipo 1 e tipo 2. O primeiro grau é chamado de retinopatia diabética. Pode evoluir para um glaucoma e catarata.

 

Perna Amputada

Os vasos sanguíneos das pernas e dos pés se estreitam e endurecem, podendo causar graves lesões na região e em outras partes do corpo. Em casos graves, é necessário amputar a perna.

 

Infarto Agudo do Miocárdio

Obstrução das artérias coronárias, interrompendo o fluxo sanguíneo para o coração, causando o infarto agudo do miocárdio.

 

Acidente Vascular Cerebral

Obstrução das artérias carótidas, interrompendo o fluxo sanguíneo para o cérebro, causando um acidente vascular cerebral – AVC.

 

Tumores em Diversos Órgãos

Novos estudos apontam que pessoas com diabetes tipo 2 tem risco de desenvolver Câncer de Pâncreas, Câncer Hepatobiliar, Câncer do Endométrio, Câncer de Cólon, Câncer no Reto, Câncer de Mama e Câncer de Bexiga.

Com tantas complicações fatais, o diabetes é uma condição muito grave e os diabéticos tem que estar atentos ao seu tratamento, caso tenha dificuldade de controlar a glicemia, é muito importante buscar acompanhamento médico.

medico emagecer mulher azul

 

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ »

Recomendados Para Você:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.