Dicas de Saúde

Como Identificar Autismo em Recém Nascido

Como Identificar Autismo em Recém Nascido
Avalie este post

Os bebês são famosos por suas necessidades de explorar e conhecer o mundo, querer tocá-lo, cheirá-lo e lambê-lo.

Essas formas de interação são saudáveis, pois é com elas que irão começar a desenvolver conhecimento e experiências.

A função dos pais, dos parentes ou de outros que tenham convívio com o bebê é muito importante nessa fase, já que eles são o primeiro círculo social no qual ele se insere e interage.

Agora, se o recém-nascido não apresenta o comportamento normal, ele precisa ser analisado porque isso pode significar um caso de autismo.

 

(VÍDEO) AUTISMO: COMO IDENTIFICAR OS PRIMEIROS SINAIS – CRIAR E CRESCER

 

(VÍDEO) Autismo em Bebês

 

como identificar autismo em recem nascido

 

O que é o Autismo

O autismo infantil é uma condição de saúde na qual o paciente não consegue desenvolver com maestria o contato com o ambiente externo, pessoas, comida e sons.

Ou seja, as interações físicas e psíquicas são prejudicadas ao longo da vida. A doença avança com o tempo, mas ela se inicia com a formação fetal em autismo sintomas.

 

Como posso identificar autismo em recém nascido?

Com dois meses

Assim que se perceber uma desatenção constante na criança a atenção deve ser redobrada. A frequência deve ser maior se houver histórico familiar de até terceiro grau.

  • O bebê não reage a ruídos.
  • O bebê não segue objetos quando esses os são apresentados.
  • O bebê não tem interesse em objeto algum para segurá-lo.
  • O bebê não mais segue mulheres na rua.
  • O bebê não se relaciona ou procura interagir com sorrisos que seja até mesmo para rir.
  • O bebê não tenta reproduzir sons.

 

Depois de 2 meses.

  • A partir da idade inicial, os efeitos do transtorno vão continuar aumentando. A cada dia, vai ficando mais nítida a diferença entre o que o bebê se interessa e o que ele não se interessa.

 

Por que diagnosticar o autismo em bebês

Toda doença que possui uma forma de tratamento deve ser descoberta e tratada o mais cedo possível para que não progrida e, pelo contrário, para que ela se retraia.

Além de tudo, crianças autistas também podem desenvolver afeto, rirem, se comunicarem… A intensidade do autismo características influencia, mas existem vários tratamentos psicológicos para inserir a criança na vida em sociedade.

ATUALIZADO: 17.01.17 (INFOGRÁFICO)

 

 

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ »

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.