Banner 1
Banner 2

Dicas de Saúde

Diabete Leva a Morte?

Saiba Mais Sobre o Risco de Morte do Diabete

Avalie este post

Em vários países do mundo, principalmente os mais desenvolvidos, a expectativa de vida da população vem crescendo. São vários os fatores que influenciam esse crescimento da expectativa de vida.

Porém, mesmo com esse crescimento o diabete é uma das doenças que mais causa mortes no mundo. De acordo com a Federação Internacional de Diabetes, a cada dez segundos morre um diabético no mundo.

No Brasil são 16 milhões de diabéticos, segundo o Ministério da Saúde. A taxa de mortalidade da doença é alta, principalmente pelo diabetes mellitus ser uma doença silenciosa, os primeiros sintomas de diabetes demoram a surgir na maioria das pessoas.

Veja Também: Médico Cria Programa Polêmico para Reverter o Diabetes Tipo 2 e o Pré-Diabetes

Existem dois tipos principais de diabetes: o diabetes tipo 1 e o diabetes tipo 2. No diabetes tipo 1, a pessoa nasce com o problema, por isso é muito comum conhecer crianças com diabetes.

No diabetes tipo 2, a doença se desenvolve com o passar dos anos, por diversas causas, entre elas a obesidade e o sedentarismo. Existem outras fases da doença, como o diabetes gestacional e a pré-diabetes.

O diabetes é uma doença crônica que se prolonga até a pessoa chegar na terceira idade.

São necessários cuidados especiais com idosos diabéticos, que podem ter outros tipos de problemas mais sérios, como a hipoglicemia.

Diabete Leva a Morte

>> Tudo Sobre Diabetes e Controle da Glicose:

 

(VÍDEO) Diabetes Mata? Descubra A Verdade!

[videoyt]

[/videoyt]

 

(VÍDEO) Complicações do Diabetes – DIABETES TEM CONTROLE!

[videoyt]

[/videoyt]

 

(VÍDEO) Diabetes em vias de se tornarem na sétima causa de morte no mundo

[videoyt]

[/videoyt]

 

Complicações do Diabete que levam a Morte

 

São muitas as complicações que a diabetes pode trazer ao longo dos anos. Uma das condições mais graves é a cetoacidose diabética, que envolve uma série de novos sintomas, podendo deixar a pessoa com perda de consciência, levando ao coma e a morte.

Com o aumento das moléculas de glicose na corrente sanguínea, existe uma obstrução das artérias coronárias.

As artérias coronárias são responsáveis pelo fluxo sanguíneo para o coração, com uma obstrução causa a interrupção do sangue, causando o infarto agudo do miocárdio.

As mortes por problemas cardíacos em diabéticos são muito frequentes.

Outro problema no fluxo sanguíneo causado pelo acúmulo de moléculas de glicose é causado na obstrução das artérias carótidas.

Estas são responsáveis pelo fluxo de sangue para o cérebro, se for interrompido causa acidente vascular cerebral – AVC. O AVC quando não é fatal deixa sequelas.

Existe um risco elevado de pessoas com diabetes tipo 2 desenvolverem câncer em vários órgãos, entre eles o pâncreas, endométrio, mama, hepatobiliar, entre outros.

O próprio controle da glicemia alta pode se tornar perigoso. Quando a pessoa com diabete faz uso de muitos medicamentos anti-diabéticos e também de insulina para controlar os níveis de glicose na sangue, deve ter muito cuidado, pois em determinadas situações, como exagero na medicação ou ingerir o medicamento errado, pode diminuir demais os níveis de glicemia.

Um outro fato comum é os diabéticos fazerem uso de insulina ou medicamentos e irem dormir sem se alimentar.

A medicação vai controlar o açúcar, mas sem alimentação, o organismo vai utilizar mais glicose e abaixando os níveis de glicose, o diabético corre o risco dos perigos da hipoglicemia.

Por isso, cuide-se faça sempre uma dieta adequada e verifique regularmente os seus níveis de glicemia.

Se você não sabe se pode ser diabético, veja as causas da doença e visite sempre o médico.

ATUALIZADO: 19/09/2016 (INFOGRÁFICO)

medico-emagrecer-mulher-projeto-novo

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ »

Recomendados Para Você:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.