Dor de Cabeça e Tontura Todos os Dias Pode ser Labirintite?

Avalie este Post

Dor de Cabeça e Tontura o Que Pode Ser

A labirintite é um distúrbio que inclui a irritação da orelha e o inchaço do ouvido interno.

 

Causas de Labirintite

Existem muitas causas possíveis de labirintite. Ela geralmente ocorre após uma infecção no ouvido (otite média).

Também pode ocorrer após uma alergia, colesteatoma ou após o uso de algumas drogas que são perigosas para o ouvido interno.

Durante labirintite emocional, as áreas do ouvido interno tornam-se irritado e inflamado. Isto interfere com a função que inclui a capacidade para manter o equilíbrio.

 

DICAS » RECOMENDAMOS PARA VOCÊ »

10 REMÉDIOS CASEIROS PARA DOENÇA HEPÁTICA GORDUROSA
10 REMÉDIOS CASEIROS PARA HÉRNIAS DE HIATO
GLICOSE ALTA NO SANGUE É PERIGOSO?
COMO CURAR MIOPIA E ASTIGMATISMO NATURALMENTE
10 REMÉDIOS CASEIROS PARA DOENÇA DE CROHN

 

(VÍDEO) Labirintite: conheça as causas da doença que provoca tontura

 

(VÍDEO) Saúde: você sabe o que é Labirintite e o que causa?

 

As seguintes situações aumentam o risco de labirintite:

– Beber muito álcool;
Fadiga;
– Histórico de alergias;
– Doença viral recente;
– Infecção respiratória ou infecção do ouvido;
– Fumaça;
– Tensão;

O uso de certos medicamentos ou prescrição (especialmente a aspirina).

 

Comentários sobre Labirintite

Um exame físico e neurológico completo deve ser realizado para diagnosticar labirintite. Um exame da orelha pode não revelar quaisquer problemas.

Em geral, o diagnóstico de labirintite não requer mais testes. Os testes serão realizados para descartar outras causas de sintomas.

 

Isto pode incluir:

– Tomografia computadorizada da cabeça;
– Investigações com audição;
– Ressonância magnética da cabeça;
– O aquecimento e arrefecimento do ouvido interno por ar ou água (estimulação do calor) para testar os reflexos oculares.

 

Os Sintomas de Labirintite

Os principais sintomas de labirintite são: movimento anormal (vertigem), dificuldade em focar os olhos, porque eles se movem involuntariamente, perda de audição em um ouvido, perda de equilíbrio e cair para um lado; náuseas e vômitos e zumbido ou outros ruídos nos ouvidos.

Entre em contato com o seu médico se você sentir tontura, vertigem, perda de equilíbrio, ou outros sintomas de labirintite. No caso de perda de audição, também entre em contato.

Os sintomas de uma emergência ou labirintite de emergência incluem visão dupla, fraqueza ou paralisia, fala arrastada, convulsões, desmaios, vômitos persistentes ou vertigem acompanhada de febre superior a 38 graus.

 

Tratamento e Cuidados de Labirintite

Labirintite geralmente desaparece dentro de algumas semanas.

O tratamento é reduzir os sintomas tais como tonturas.

Entre as drogas que podem reduzir os sintomas de labirintite são:

– Os anti-histamínicos;
– Os corticosteroides – como a prednisona – quando os sintomas são graves;
– Medicamentos como compazine para controlar náuseas e vômitos;
– Medicamentos para aliviar a tontura como meclizina ou escopolamina;
– Hipnóticos sedativos como Valium.

Problemas persistentes de equilíbrio podem melhorar com a terapia física.

Para evitar sintomas de labirintite fiquem piores durante episódios de labirintite, tente o seguinte:

– Fique quieto e descanse quando os sintomas aparecem;
– Voltar para a atividade gradualmente;
– Evite mudanças bruscas na situação;
– Não tente ler quando os sintomas aparecem;
– Evite luzes brilhantes.

Quando ocorrem sintomas de labirintite, pode ser necessário muletas. Evite atividades perigosas, como dirigir, operar máquinas, e subir até uma semana após o desaparecimento dos sintomas.

 

O Tratamento da Labirintite

Há cura e tratamento para a labirintite baseado nas suas causas. Em alguns casos, cura espontaneamente, em outros, o tratamento é realizado com a utilização de remédios, dieta específica e outros tratamentos, tais como fisioterapia.

Os três primeiros dias da crise são os mais difíceis, porque os sintomas são mais pronunciados e, provavelmente, o indivíduo não pode trabalhar ou estudar. Aos poucos, os sintomas desaparecem, até que a pessoa está curada.

 

O Tratamento Medicamentoso contra Labirintite:

– Os antibióticos;
– Anti emético (náuseas);
– Os corticosteroides;

Além disso, recomenda-se:

– Hidratação;
– Dieta pobre em açúcar.

O uso de medicamentos irá acelerar o processo de cicatrização e tornar o indivíduo capaz de levar uma vida normal, com alguma precaução, nos primeiros dias.

Mas, se optar por não tomar medicamentos, basta esperar até o próprio corpo combater a infecção por infecções virais.

 

Tratamento de Fisioterapia para Labirintite

Fisioterapia é uma área que pode também atuar para a labirintite aguda.

O terapeuta pode realizar manobras sobre a mobilização de pacientes e cabeça lentamente para reposicionar os cristais na orelha, melhorando assim o equilíbrio.

 

Exercícios de vestibulares também são indicados.

Durante os dias de crise é importante que o paciente esteja em repouso, beber muita água, comer saudável e evitar qualquer tipo de comida ou bebida açucarada.

Também é recomendado evitar olhar para o lado, um movimento brusco piora os sintomas de labirintite.

ATUALIZADO: 08.03.17

 

Deixe um comentário logo abaixo sobre o que você mais gostou nesse artigo, ou sobre alguma dica extra que você deseja compartilhar conosco ou até mesmo alguma crítica sobre esse texto.

 

DICAS » RECOMENDAMOS PARA VOCÊ »

COMO SABER SE ESTOU GRÁVIDA SEM EXAMES COM 3 TESTES
QUAL A ALTURA E PESO IDEAL PARA CADA IDADE?
INFECÇÃO URINARIA: 27 INCRÍVEIS REMÉDIOS CASEIROS
20 REMÉDIOS CASEIROS PARA AUMENTAR ESPERMA
25 REMÉDIOS PARA TRATAR IRRITAÇÕES NA FACE
COMO SABER SE ESTOU GRÁVIDA NA PRIMEIRA SEMANA?
25 REMÉDIOS PARA TRATAR A DERMATITE SEBORRÉICA
10 INCRÍVEIS REMÉDIOS CASEIROS PARA ESCARAS
REMÉDIOS CASEIROS PARA SÍNDROME DO INTESTINO IRRITÁVEL
CARVÃO VEGETAL ATIVADO: BENEFÍCIOS, PRA QUE SERVE

Recomendados Para Você:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*