Banner 2
Banner 2

Dicas de Saúde

Fobia Social Sintomas, Tratamentos e Causas

Fobia Social – Sintomas, Tratamentos e Causas

5 (100%) 5 votes

Fobia Social sintomas tratamentos e causas. O que você precisa saber agora?

Não é incomum saber de crianças que choraram nos seus primeiros dias de aula ou alguém que ficou nervoso com uma apresentação importante ou até mesmo quem se estressou antes de fazer uma denúncia.

Situações estressantes fazem parte da vida de muita gente, mas o que muitos não sabem é que o estresse frequente somente nessas situações pode ser sinal de uma doença chamada Fobia Social.

Pouco discutido, esse transtorno atinge grande parte das pessoas com diversas causas.

Descubra agora que transtorno é esse, quando suspeitar, como tratar e as diferentes causas!

fobia social sintomas tratamento e causas

Fobia social – Sintomas, Tratamentos e Causas

Por isso é tão importante que você conheça aprenda a reconhecer, como é o tratamento e quais são as causas desse problema. Ele pode estar afetando você, seus amigos, conhecidos ou familiares sem que ninguém tenha conseguido reconhecer até agora.

Se preocupar e procurar saber mais é o primeiro passo!

Mas, Antes, é importante que saiba EXATAMENTE o que é Fobia Social…

Então, o que é Fobia Social

Fobia Social é um transtorno psicológico que desencadeia a ansiedade em situações de exposição pessoal. Ela se divide em dois subtipos dentro dos possíveis diagnósticos: generalizada e específica ou restrita.

Subtipos da Fobia Social

Fobia Social Generalizada: acontece ansiedade em toda situação de grande exposição às outras pessoas. Costuma se intensificar de acordo com a quantidade de interação e de atenção voltada ao paciente.

Nesse caso, receber visitas em casa ou até mesmo entrar em um elevador com um desconhecido são capazes de gerar uma grave crise de ansiedade.

Fobia Social Específica: acontece em determinadas situações de grande exposição às outras pessoas. Nesse subtipo, o doente tende a temer situações mais pessoais.

Ou seja, é possível que ele se sinta preparado para ministrar uma palestra, mas não para ir a um restaurante, por exemplo.

Sintomas da Fobia Social

Sintomas Emocionais

  • Medo
  • Irritabilidade
  • Sentimento de angustia
  • Vergonha incontrolável
  • Autodepreciação

Sintomas Físicos

  • Sudorese
  • Aceleração dos batimentos cardíacos
  • Aumento da pressão arterial
  • Enjoo
  • Dificuldade para respirar
  • Rubor
  • Desarranjo intestinal

Sintomas Comportamentais

  • Afasta-se do centro do ambiente
  • Não expressa opinião
  • Procura se localizar perto da saída
  • Evita debates
  • Evita contato visual com os demais
  • Não comparece a festas, reuniões e outras situações de desconforto
  • Procura distanciar-se de confrontos

Sintomas Sobre o Pensamento

  • Achar que vai ser ridicularizado
  • Crer que não é capacitado

Tratamento da Fobia Social

No geral, o tratamento se baseia no combate aos sintomas da ansiedade e na orientação ao paciente sobre como melhor agir nas situações que acabam gerando a Fobia Social.

Com o objetivo de acabar com as crises de ansiedade, existem fármacos que ajudam ao cérebro no controle do medo e proporcionam relaxamento, regulando os níveis dos hormônios da felicidade.

São alguns desses remédios:

  • Antidepressivos como os Inibidores Seletivos de Recaptação de Serotonina.
  • Tranquilizantes como os benzodiazepínicos.
  • Beta-bloqueadores.

Os três tipos de medicamentos dados variam em indicação de pessoa para pessoa, dependendo da intensidade de Fobia Social que possuem.

Os antidepressivos, por exemplo, são recomendados para os casos mais graves. Os tranquilizantes são indicados para muitos, porém com moderação, pois podem acabar gerando dependência.

Beta-bloqueadores, por sua vez, combatem os receptores de noradrenalina, um hormônio acionado em situações de estresse.

Esse último é indicado para ser tomado quando a crise está prestes a ocorrer. Dessa forma, ele protege o coração, a pressão e a ocorrência de mais sintomas.

Causas da Fobia Social

Traumas sociais são causas constantes do transtorno de Fobia Social. É possível que alguém com medos específicos como de plateia tenha experimentado, antes, uma ridicularização numa apresentação de escola, por exemplo.

Intimidação e ambiente familiar conturbado são outras explicações.

Quando o doente se sente desconfortável pela primeira vez, passa a evitar a mesma circunstância sempre e desencadeia reações em série à Fobia Social.

Fisicamente falando, quantidades baixas de serotonina (hormônio da felicidade) e alta adrenalina são outas causas possíveis. O transtorno está bastante ligado a nutrição e desenvolvimento cerebral.

Diferença Entre Timidez e Fobia Social (VÍDEO)

Quer Saber Mais? Recomendamos para Você:

Recomendados Para Você:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.