Banner 1
Banner 2

Dicas de Saúde

Gravidez Ectopica Tratamento para Recuperação

Gravidez Ectopica Tratamento Serve para Interrupção de Gravidez com Preservação da Fertilidade

5 (100%) 7 votes

Na gravidez ectopica tratamento aponta para a possibilidade de preservação da fertilidade da gestante.

Alguns estudos indicam que as chances, numa gravidez ectópica, de mãe e criança sobreviverem é de 1 a cada três milhões.

Há um certo exagero nesses estudos e existem casos registrados no mundo inteiro de sobrevivência da mãe e do seu bebê. Mas levar a gestação até o fim com o feto se desenvolvendo fora do útero materno é um enorme risco a se correr.

Sem dúvidas, um “instinto maternal” fez com que muitas mulheres escolhessem ir até o parto. Umas tiverem sucesso. A maioria não.

Tomar essa decisão não é fácil e interromper uma gravidez, mesmo que de risco, parece absurdo. Isso é totalmente compreensível.

Agora, se quiser saber qual é o tratamento seguro para gravidez ectopica, continue lendo até o final…

gravidez ectopica tratamento

O que Pode Acontecer se Você Levar Adiante?

Quando uma gravidez ectópica ocorre e é concluída, o risco é enorme tanto para a mãe quanto para o bebê. Hoje, com a evolução da medicina e dos direitos da mulher, a escolha de correr ou não o perigo é de quem está gestante.

É importante estar ciente de que a mãe corre sempre risco de vida e o bebê em geral nasce fora do tempo e necessitando de todos os cuidados para conseguir ainda sobreviver.

Tudo isso porque, nessa situação, o desenvolvimento do bebê acontece nas Trompas de Falópio, no caminho até o útero. Como as trompas não servem para o crescimento de um ser vivo, o feto fica sem condições para nascer corretamente.

O que pode acontecer é um aborto tubário ou mesmo uma hemorragia interna causada pelo rompimento da tuba uterina que pode levar ao óbito da mãe.

Como Saber se a Sua Gravidez é Ectópica?

Os exames para mulher abaixo conseguem detectar se a gestação está acontecendo no útero ou fora dele:

  • Exame de sangue;
  • Ultrassonografia;
  • Exame de toque externo pélvico para sentir a presença de uma massa na região das trompas;
  • No exame de sangue como o BHCG (hormônio da gravidez) será detectado seus níveis hormonais. Caso esteja com o nível muito baixo, a indicação é de uma gravidez anormal, que poderá ser gravidez ectópica;
  • Ultrassonografia transvaginal é a mais solicitada pelos médicos, pois com ela o quadro fica mais claro se o embrião está ou não no endométrio (local onde o embrião se instala após a fecundação dando início a gravidez).

Após esses procedimentos, caso seja diagnosticada a gravidez ectópica, o maior cuidado é para que não ocorra a hemorragia interna e danos à vida de mãe e bebê.

Gravidez Ectopica Tratamento

Uma gravidez ectópica necessita ser encerrada o quanto antes através de intervenção cirúrgica ou medicamentosa antes que se torne perigosa.

O procedimento cirúrgico poderá ser feito através da cirurgia laparoscópica (técnica com pequenas incisões para diagnosticar problemas nos órgãos internos do abdômen).

Essa remoção cirúrgica feita nas trompas quando o feto estiver implantado lá, deverá retirar o feto e a placenta. Assim, a trompa é completamente fechada e há a possibilidade de cicatrizar e engravidar outra vez. Preservando a fertilidade feminina.

Outra solução é tratar com o uso de medicamentos eficazes, mas que podem causar efeitos colaterais que vão desde as náuseas às indigestões.

Porque é Importante Buscar Apoio e é Possível Engravidar De Novo?

Muitas gestantes chegam a levar um tempo para se recuperar após a interrupção da gestação. Em alguns casos, o acompanhamento psicológico é fundamental para que não criem quadros depressivos.

Por isso, não se cobre muito felicidade, calma e paciência após a cirurgia. Dê tempo para recuperar suas forças e decepções. Em seus amigos e familiares, encontre aqueles que te farão sorrir em poucos minutos e que estarão contigo quando precisar se acalmar.

A tentativa de futura gravidez deve ser bem analisada. Os fatores de risco e os danos nas Trompas de Falópio podem impactar o seu risco futuro e suas chances de engravidar são menores mesmo com os cuidados cirúrgicos.

Se as trompas estiverem intactas suas chances de engravidar normalmente são de 60%, o que já é animador.

É impossível impedir uma gravidez ectópica, mas fica ela menos provável:

  • Quando não se está em idade avançada para engravidar (acima de 35 anos);
  • Quando não se é fumante;
  • Quando não há Doença Inflamatória Pélvica;
  • Quando não há doenças sexualmente transmissíveis;
  • Quando não há endometriose.

Se você se enquadra em todas as situações acima, a sua gestação é mais segura.

Todos os cuidados precisam ser analisados quando se está em uma gravidez de risco. Pense na sua vontade e nos seus planos para decidir da melhor forma possível o que acredita ser melhor.

Boa sorte!

Depoimento de Quem Passou Por uma Gravidez Ectópica (VÍDEO)

Gravidez Ectopica Tratamento do Ponto de Vista do Médico (VÍDEO)

Você Também Pode Se Interessar Por:

Recomendados Para Você:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

1 Comentário

  1. Warren disse:

    The Sardine Bar inside of Reality Breeze includes an extraordinary weekend brunch.

    e343453.com

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.