Banner 1
Banner 1

Dicas de Saúde

L-Glutamina Cura Diabetes? Mito ou Verdade?

Descubra se a L-Glutamina tem poder curativo contra a Diabetes

Avalie este post

Para construir músculos, para respirar, para amamentar, para cuidar da visão… Para viver… Precisa-se das proteínas.

L-glutamina é o nome de uma dessas sustâncias que fazem parte de mecanismo tão fundamentais no corpo. Mas será que a L-glutamina cura diabetes?

A resposta para essa pergunta não é tão simples. É preciso entender como a l-glutamina age no organismo e que a diabetes se divide em dois grupos de doenças: a Diabetes Tipo 1 e Diabetes Tipo 2.

L-Glutamina, O que É?

L-glutamina é o nome de um dos aminoácidos mais presentes no corpo humano.

Funciona, principalmente, como combustível para as células. Revitaliza e gera energia concentrada nas células do intestino e do sistema imunológico.

Recentemente, foi percebida a ação da l-glutamina na sensibilidade e equilíbrio de um hormônio importante para diminuir os níveis de açúcar no sangue: a insulina.

Mesmo que essa proteína seja produzida pelo corpo em condições normais, é recomendado que procure obter uma dieta rica em l-glutamina. Qualquer situação de estresse além do normal já faz os níveis ideais caírem.

Diabetes Tipo 1 x Diabetes Tipo 2

Quase todo mundo sabe que o açúcar é importante para a produção de energia. Sem os carboidratos, muitas funções do corpo seriam perdidas.

Porém, o seu acúmulo no sangue prejudica tanto o organismo que pode até mesmo levar à morte em casos de cetoacidose diabética.

Pessoas saudáveis conseguem retirar a glicose do sangue e usá-la normalmente. Já os diabéticos, têm dificuldades para gastar a glicose, pois há algum problema no meio do caminho da insulina até a glicose.

Entenda os dois tipos de diabetes:

Diabetes Tipo 1: O pâncreas (órgão que produz a insulina) pára, parcialmente ou totalmente, de produzir insulina. Então, a glicose não tem quem a leve do sangue até as células para gerar energia.

Diabetes Tipo 2: Neste caso, o pâncreas produz a insulina normalmente, mas células de defesa do próprio corpo passam a reconhecer a insulina como um perigo e a atacam. Chama-se isso de resistência à insulina.

 Entenda Mais em Vídeo (VÍDEO)

L-Glutamina Cura Diabetes Tipo 1 e Diabetes Tipo 2?

Tanto na Diabetes Tipo 1 quanto na Diabetes Tipo 2, ter uma reação mais potente da insulina melhora a vida do diabético.

Você pode estar se perguntando agora: “Mas o Diabético Tipo 1 não está SEM insulina no corpo? Como vai melhorar algo que não tem?

Sim! Mas ele precisa injetar diariamente uma insulina sintética que funciona como a natural. Se essa insulina chegar muito mais rápido e fácil na glicose, a quantidade de aplicações diárias e de hormônio injetado será muito menor.

Para o diabético tipo 2, a sensibilidade aumentada à insulina com uma alimentação saudável pode até reverter a doença.

A l-glutamina pode ser usada então por pessoas do Tipo 1 para diminuir as agulhadas e por pessoas com Tipo 2 para chegar até, sim, uma possível cura!

Outras Funções da L-Glutamina (VÍDEO)

Risco

Quem está com risco de Diabetes Tipo 2, a l-glutamina também é uma boa pedida.

Além de aumentar o bem-estar, a imunidade e cuidar do intestino ainda se livra de um caminho complicado!

Para ter melhores resultados, um produto acabou de ser lançado no mercado dos produtos naturais, o Detox em Cápsulas. Nele, diversas substâncias emagrecem e cuidam da saúde – O mais importante!

Recomendados Para Você:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.