Banner 2
Banner 1

Dicas de Saúde

Os Principais Cuidados de Idosos com Diabetes Mellitus

Conheça os Cuidados e Complicações em Idosos Diabéticos

Avalie este post

O diabetes mellitus é uma doença caracterizada pelo acúmulo de glicose no sangue. Possui complicações severas, como amputação de membros, problemas na visão, infartos, avc e até câncer.

A doença atinge todas as idades, existindo o diabetes infantil e o diabetes do adulto, com sintomas diferenciados por seus tipos.

O diabetes mellitus em idosos tem os mesmo riscos dos jovens, mas como a idade é muito avançada, existem mais complicações cardíacas e vasculares.

Exigindo um cuidado diferenciado por seus familiares e médicos.

Veja Também: Médico Cria Programa Polêmico para Reverter o Diabetes Tipo 2 e o Pré-Diabetes

Um idoso diabético está mais sujeito a apresentar dificuldade de locomoção, depressão, quedas, fraturas, incontinência urinária e dores crônicas do que um idoso não diabético.

Todo idoso precisar ter um cuidado individual e atenção, porém, os idosos diabéticos necessitam de um cuidado mais especial do que os idosos saudáveis.

Os cuidados devem diminuir ao máximo as possíveis complicações da diabetes mellitus.

OS PRINCIPAIS CUIDADOS DE IDOSOS COM DIABETES MELLITUS

>> Tudo Sobre Diabetes e Controle da Glicose:

 

(VÍDEO) Cuidados com a saúde dos pés dos idosos e diabéticos

[videoyt]

[/videoyt]

 

(VÍDEO) Médico explica os cuidados para controlar o diabetes

[videoyt]

[/videoyt]

 

(VÍDEO) Saiba como cuidar dos idosos com amor e profissionalismo

[videoyt]

[/videoyt]

 

Veja agora os principais cuidados de idosos com diabetes mellitus:

 

– Interação de Medicamentos

É muito comum que idosos necessitem usar muitos medicamentos, seja para controle da pressão arterial, colesterol e outros.

Muitos idosos diabéticos fazem uso de medicamentos, independente ser for diabetes mellitus tipo 1 ou diabetes mellitus tipo 2.

Muitos medicamentos, seja de venda livre como xarope para tosse ou de venda com receita, como corticóides, contém açúcar.

Estes medicamentos podem elevar o nível de glicose no organismo, caso o tratamento for prolongado.

Outro problema é que algumas substâncias presentes em determinados medicamentos inibem os efeitos da insulina e medicamentos antidiabéticos, como o cloridrato de metformina.

É preciso ter muito cuidado com os medicamentos de idosos diabéticos.

 

– Hipoglicemia

A hipoglicemia é a baixa concentração de glicose na corrente sanguínea, pode ocorrer tanto em diabéticos como em pessoas saudáveis.

No caso dos diabéticos acontece por conta do uso de medicamentos e dietas intensas.

Idosos diabéticos que fazem uso de medicamentos para controle de glicose no sangue, podem exagerar ou confundir a hora da medicação. Sob aumento da medicação, a glicose pode diminuir na corrente sanguínea mais que o necessário.

No caso das dietas intensas, os idosos podem diminuir demais o consumo de açúcar, entrando também assim em um estado de hipoglicemia.

A hipoglicemia provoca dor de cabeça, tremores, zumbido no ouvido e pode até levar ao coma.

 

– Queda da Pressão x Hipoglicemia

Os sintomas da hipoglicemia são parecidos com os da queda de pressão. Os sintomas comuns da queda de pressão são tontura, fraqueza, coração acelerado e a visão embaçada.

Como a hipoglicemia é muito comum em idosos diabéticos, estes sintomas podem surgir em algum momento.

No caso da hipoglicemia, ingerir alimentos com açúcar resolve a crise. Já no caso da queda da pressão, alimentos com sal é a solução.

 

– Sedentarismo

Normalmente, os idosos em geral são sedentários. Seja por problemas musculares ou ósseos ou pela baixa disposição.

O sedentarismo faz aumentar os riscos de complicações do diabetes.
Sendo assim, praticar atividades físicas acompanhados de um profissional é fundamental para melhorar a qualidade de vida.

 

Outros cuidados de idosos com diabetes mellitus:

  • Avaliação oftalmológica regular, já que o diabetes aumenta o risco de perda de visão por problemas na retina e de catarata. Quanto maior a idade, maior a chance de isto acontecer;
  • Avaliação da função renal como parte da prevenção da insuficiência renal crônica;
  • Cuidados com os pés, já que alguns idosos não conseguem alcançar ou verificar os pés regularmente.

Devido as maiores complicações do diabetes mellitus em idosos, todo diabético com 60 anos ou mais deve estar sempre seguindo um acompanhamento médico.

ATUALIZADO: 19/09/2016 (INFOGRÁFICO)

medico-emagrecer-mulher-projeto-novo

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ »

Recomendados Para Você:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.