Banner 2
Banner 2

Dicas de Saúde

Qual a Diferença entre Estresse e Síndrome de Burnout? Entenda!

Entenda Qual a Diferença Entre Estresse e Síndrome de Burnout de Uma Vez Por Todas!

5 (100%) 7 votes

Sabe qual a diferença entre Estresse e Síndrome de Burnout?! Esses dois “transtornos” podem ter confundido você assim que soube o que é Síndrome de Burnout?

Pacientes dessa síndrome não deveriam estar automaticamente estressados? Como uma coisa pode ser diferente da outra assim?

Vamos esclarecer tudo isso para você agora?

qual a diferença entre estresse e síndrome de burnout

O que é Estresse?

Desde os tempos primitivos, o homem lida com situações problemáticas. Como resposta a elas, o corpo reage se estressando. Estar estressado é a reação do organismo a alguma condição alarmante para resolvê-la mais rapidamente e com maior foco.

Durante o estresse, fica-se ofegante, com maior atenção ao redor, com resposta mais rápida aos acontecimentos, o ritmo cardíaco aumenta, pode haver dores de cabeça e aumento da pressão arterial.

Qual a Diferença entre Estresse e Síndrome de Burnout?

A Síndrome de Burnout, ou Síndrome do Esgotamento Profissional, não tem como característica o foco, o ânimo e o empenho. Suas consequências evidenciam poucas situações de estresse. Comparado a ele, a depressão e a fadiga são mais recorrentes.

Portanto, pode ser que o Burnout faça surgir irritabilidade, hipertensão, cefaleia e batimentos cardíacos acelerados quando ocorre algo que seja desconfortável para o enfermo, mas ela não contém todos os sintomas do estresse.

Diferenças Importantes Entre Estresse e Síndrome de Burnout

Origem

Burnout:

  • Se origina no desânimo com o meio profissional;
  • Quando o trabalho não motiva, pelo contrário, martiriza o empregado.

Estresse:

  • É originado por qualquer acontecimento desconfortável ou importante para o indivíduo.

Tempo

Burnout:

  • Perdura por 6 meses ou mais;
  • Tem sua intensidade aumentada gradativamente.

Estresse:

  • Pode durar apenas alguns minutos (inofensivo) ou por vários dias, semanas, meses (representando um problema mais grave de saúde);
  • A intensidade é mantida quase constante.

Pensamentos

Burnout:

  • O paciente não consegue pensar em circunstancias positivas para os seus empreendimentos futuros;
  • Cria características negativas sobre si mesmo;
  • Enxerga outros com imagens deterioradas.

Estresse:

  • É possível vislumbrar horizontes melhores do futuro;
  • O indivíduo é passível de se reconhecer como capacitado para resolver a situação;
  • Não rejeita os próximos necessariamente, pode ser que busque ajuda.

Comportamento

Burnout:

  • O comportamento varia entre agressivo e recluso, ou seja, pode ser que o enfermo procure por discussões e revoltas internas ou se mantenha distante dos familiares e amigos;
  • O cinismo, descaso, é comum durante a Síndrome de Burnout.

Estresse:

  • O comportamento de quem se mantém sob estresse agudo (repentino) se revela como hiperativo e ansioso;
  • O comportamento de quem se mantém sob estresse cumulativo ou pós-traumático (mais longos) se aproxima mais da Síndrome de Burnout, podendo se mostrar recluso e irritadiço.

Estresse o Que É (VÍDEO)

Síndrome de Burnout o Que É (VÍDEO)

Estresse e Burnout Diferenças (VÍDEO)

Isso Foi Útil Para Você? Deixe um Comentário e Leia Também:

Recomendados Para Você:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

2 Comentários

  1. Jéssica Gomes disse:

    burnout é uma doença?

  2. Nathália Ramos disse:

    Eu tenho estresse fora do trabalho tbm é estresse ou síndrme?

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.