Banner 2
Banner 1

Dicas de Saúde

Qual o Risco de Diabetes Gestacional Para o Bebê?

Veja os Riscos para o Bebê Quando a Mãe tem Diabetes Gestacional

Avalie este post

O diabetes gestacional é diagnosticado em mulheres durante a gravidez, cerca de 4% das mulheres sofrem essa condição.

O diabetes gestacional é caracterizado pelo aumento do nível de glicemia. É diferente de outros tipos de diabetes, já que pode afetar mulheres dentro e fora dos fatores de risco da doença.

O diabetes tipo 1 e o diabetes tipo 2, que afetam crianças e adultos são doenças crônicas, ou seja, não tem cura, para estes tipos de diabetes existe um controle de açúcar no sangue.

No caso de diabetes gestacional, existe um tratamento adequado para também controlar a glicemia alta, no entanto, na maioria dos casos, após o parto, a mulher volta ao seu estado saudável, sem diabetes.

Veja Também: Médico Cria Programa Polêmico para Reverter o Diabetes Tipo 2 e o Pré-Diabetes

As mulheres diabéticas que engravidam, independente do tipo de diabetes, precisam passar por um acompanhamento pré-natal mais rigoroso desde o início da gestação.

Estas mulheres são consideradas com gravidez de alto risco.

>> Tudo Sobre Diabetes e Controle da Glicose:

 

(VÍDEO) Quais são os fatores de risco da diabete gestacional?

[videoyt]

[/videoyt]

 

(VÍDEO) Gravidez com diabetes gestacional, causas, sintomas e tratamento

[videoyt]

[/videoyt]

 

(VÍDEO) Diabetes Gestacional

[videoyt]

[/videoyt]

 

Riscos de Diabetes Gestacional para o bebê

risco-diabete-gestacional

Quando a mulher é diagnosticada com diabetes gestacional, existem vários riscos para o bebê. Veja alguns:

  • Malformações congênitas;
  • Prematuridade;
  • Problemas respiratórios;
  • Complicações metabólicas como hipoglicemia (baixo nível de açúcar no sangue do bebê).

Com o aumento da glicose no sangue, o bebê tem um crescimento mais acelerado, podendo ter um tamanho fora do normal. Com isso, a maioria dos partos de mulheres com diabetes gestacional é realizado por cesárea.

Crianças que nasceram de uma gravidez em que a mãe teve diabetes gestacional são mais propensas a desenvolver obesidade infantil. Porém, com hábitos e dietas adequadas, a criança consegue minimizar o risco de obesidade.

Outro risco importante é o fato da criança nascer pré-diabética, entrando nos fatores de causas possíveis de desenvolver diabetes tipo 2.

Como o diabetes tipo 2 é uma doença que não apresenta sintomas rápidos, é importante pessoas em que mãe ficou com diabetes gestacional, fazer regularmente exames glicêmicos.

A mulher também entra no grupo de risco de desenvolver diabetes tipo 2.

ATUALIZADO: 19.01.17 (INFOGRÁFICO)

 

medico emagecer mulher azul

 

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ »

Recomendados Para Você:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.