Dicas de Saúde

Curioso: Antibiótico e Cerveja Faz Mal?

Todo Mundo Diz Que a Mistura de Antibiótico e Cerveja faz Mal à Saúde.

Quando você está se tratando de alguma infecção e precisa fazer uso de antibióticos, surgem algumas dúvidas referente a mistura da bebida alcóolica e o remédio. Muitos dizem que a mistura de antibiótico e cerveja faz mal, pode cortar o efeito do remédio, ou até mesmo causar consequências piores.

Antibiótico E Cerveja Faz Mal?

Diante de tantos questionamentos, podemos afirmar que tudo em excesso pode fazer mal. Mas dependendo do tipo de antibiótico que você esteja tomando e a quantidade de álcool que vai se propor a tomar, com moderação, você pode fazer a ingestão dos dois componentes.

O ideal, e o mais indicado, é que você aguarde o tempo do tratamento para não correr o risco de “enfiar o pé na jaca” e sofrer problemas futuros. Lembrando que o álcool faz mal para a saúde e pode causar alterações no fígado e até levar a uma cirrose hepática.

Antibiótico E Cerveja Faz Mal

A Ideia da Mistura do Antibiótico com Álcool Não é Muito Legal, Mas Com Moderação Você Pode Tudo!

Como citamos acima, a ingestão do álcool com antibiótico de forma moderada não vai te trazer problemas. Claro que você precisa ter consciência do tipo de medicação que está fazendo no momento e se vale mesmo a pena correr o risco por alguns corpos de bebida alcoólica.

Mas se você for aquela pessoa teimosa e quer muito beber uma gelada, o recomendado é que você se policie e beba apenas duas latinhas de cerveja, ou se preferir, duas taças de vinhos apenas.

Na verdade, mesmo doses mais elevadas de álcool não costumam cortar o efeito do antibiótico. O problema, são os efeitos colaterais e a ação do álcool no sistema imunológico. Com a união excessiva do antibiótico e cerveja faz mal para a saúde do corpo.

É importante destacar, porém, que mesmo que o consumo de bebidas alcoólicas não seja proibido durante o uso da maioria dos antibióticos, essa mistura, principalmente em altas doses, não é propriamente uma ação isenta de consequências. Ou seja, antibiótico e cerveja faz mal sim e você deve esperar o tratamento do remédio para fazer a ingestão de bebidas alcoólicas.

Existem Alguns Antibióticos Que Não Devem Ser Ingeridos Com a Bebida Alcoólica

Apesar da moderação do álcool com alguns antibióticos ser segura, ainda sim existem alguns antibióticos que não devem ser ingeridos com o consumo de qualquer bebida alcoólica. Veja a seguir quais são ele:

  • Metronidazol.
  • Tinidazol.
  • Cefotetan.

Misturar esses antibiótico e cerveja faz mal a sua saúde.

Além dos antibióticos, outras drogas usadas no tratamento de infecções, como antivirais, antiparasitários e antifúngicos também podem provocar efeitos colaterais se misturados com o álcool. Entre eles, o mais importantes são:

  • Griseofulvina (antifúngico): pode causar efeito dissulfiram.
  • Voriconazol (antifúngico): interfere com o efeito do antifúngico.
  • Cetoconazol (antifúngico): aumenta o risco de lesão do fígado.
  • Didanosina (antirretroviral): aumenta o risco de pancreatite.

Obs.: Qualquer dúvida que surgir referente ao tema “antibiótico e cerveja faz mal”, uma consulta deve ser feita ao seu médico para evitar qualquer evidência de problemas futuros.

Antibiótico E Cerveja Faz Mal? (Vídeo)

Gostou do artigo? Leia também:

Antibiótico E Cerveja Faz Mal

Curioso: Antibiótico e Cerveja Faz Mal?
5 (100%) 1 vote

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.