Dicas de Saúde

Autismo Tratamento Psicológico

O autismo é uma doença para a qual a cura ainda não foi descoberta, mas há tratamento.

É complicado lidar com o autismo para aqueles que o vivenciam noite e dia. Não apenas para quem o tem, mas também para quem rodeia o doente.

As crises, a hiperatividade, a fala… Dependendo da situação socioeconômica da família e do grau de autismo o problema aumenta ou diminui.

A possibilidade de melhoria de vida seria então, uma esperança e motivação a mais.

autismo-tratamento-psicologico-interna

 

(VÍDEO) O TRATAMENTO DO AUTISMO

 

(VÍDEO) Mãe mostra como é o tratamento do filho com autismo

 

(VÍDEO) TRATAMENTO PARA AUTISMO – PAPO COM ESPECIALISTA

 

Os remédios não são viáveis

Não existe no mercado uma composição química favorável à recuperação total dos pacientes de TEA (Transtorno do Espectro Autista).

As drogas só passam a adiantar para cuidar efeitos colaterais secundários como a hiperatividade, por exemplo.

O uso de medicamentos é preciso em muitos casos, já em outros nem tanto, porque os sintomas surgem de modos diferentes para cada um.

 

Existe para autismo tratamento psicológico?

Os tratamentos psicológicos são a alternativa mais segura e, até hoje, a mais eficaz para que a vida das pessoas doentes melhore em qualidade.

Ao longo do tempo, o autismo sintomas vem sendo estudado e trabalhado até que se instaurou um conjunto de técnicas mais utilizadas e expressivas na intervenção do autismo infantil.

Elas variam de acordo com a maneira com que cada psiquiatra trabalha, mas a base é a mesma.

 

Análise Comportamental Aplicada

A Análise Comportamental Aplicada é uma maneira de terapia que consiste na reintegração de alunos autistas com problemas comportamentais.

Sua eficácia é comprovada, inclusive, serve de modelo para várias outras técnicas. Trabalhando de forma constante com jogos e conversa e aprimorando habilidades cognitivas e comunicativas com foco na linguagem.

 

Pivotal Resposta ao Tratamento

Traz como referência a técnica anterior, mas trabalhando com o público infantil o aprendizado da língua com o objetivo de desenvolver habilidades acadêmicas e diminuir a individualidade para um contato maior com outros.

Estratégias motivacionais tais como recompensa por esforço natural são usadas no PRT (Pivotal Resposta ao Tratamento) no autismo leve.

 

Comportamento Verbal

É uma forma de trabalho formulada para estimular a linguagem de forma funcional. Utilizando cada operante da linguagem, pela análise e estudos no livro de BF. Skinner.

A criança é ensinada a pedir, responder e associar palavras a objetos, por exemplo. Dessa forma, um estímulo de convívio completo é tido.

 

Terapia Ocupacional

Terapia Ocupacional (TO) trabalha o desenvolvimento motor, físico e cognitivo. O objetivo maior é permitir maior independência do paciente no seu dia a dia mesmo em tarefas simples e conviver com seu autismo características.

O acompanhamento psicológico e ambiental também é feito e começa num determinado espaço, mas não termina por lá. A terapia deve continuar em casa e em outros campos de atuação.

ATUALIZADO: 17.01.17 (INFOGRÁFICO)

 

 

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ »

Autismo Tratamento Psicológico
Avalie este post

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.