Dicas de Saúde

Posso Tomar Dipirona na Gravidez? TIRA DUVIDA ATUALIZADO 2017

Dipirona na Gravidez Pode?

Drogas Durante a Gravidez

Durante a sua gravidez, você deve ter muito cuidado com os medicamentos que toma. Mesmo drogas que pareçam inofensivas à primeira vista, mas poderia afetar o bebê.

Portanto, não se automedique, e sempre consulte seu médico ou farmacêutico antes de tomar alguma coisa e informá-los de seu estado quando para que ele possa prescrever qualquer medicamento apropriado para a gravidez calculadora.

No que desrespeito à medicina alternativa, flores de Bach ou homeopatia, pode praticamente ser tomadas com segurança.

Ainda assim, é sempre bom verificar com os profissionais. Neste artigo, vamos informá-lo de que medicamentos você pode tomar durante a gravidez e os que você deve evitar.

 

DICAS » RECOMENDAMOS PARA VOCÊ »

10 REMÉDIOS CASEIROS PARA DOENÇA HEPÁTICA GORDUROSA
10 REMÉDIOS CASEIROS PARA HÉRNIAS DE HIATO
GLICOSE ALTA NO SANGUE É PERIGOSO?
COMO CURAR MIOPIA E ASTIGMATISMO NATURALMENTE
10 REMÉDIOS CASEIROS PARA DOENÇA DE CROHN

 

(VÍDEO) Como Emagrecer Depois da Gravidez – Novo Cardápio

 

(VÍDEO) Atraso na Menstruação é Normal? Tire Suas Duvidas

 

Como as Drogas Afetam Seu Bebê?

Nas primeiras semanas de gravidez, antes de saber que estava grávida, acabou tomando alguns remédios.

Você está preocupada? Não sofra. Seu bebê tem seus próprios mecanismos de proteção eficazes, e é capaz de regenerar-se contra danos menores.

Se eles afetam e como as drogas irão afetar seu bebê durante a gravidez depende de vários fatores:

– Cada criança reage de formas diferentes às influências negativas;
– No último trimestre, muitas drogas são menos perigosas do que no início ou no meio da gravidez;
– A quantidade de medicamento que você toma na gravidez determina como e quanto isso vai afetar o bebê;

 

Medicamentos Para Resfriados na Gravidez

Resfriados simples como uma tosse, corrimento nasal e, por vezes acompanhada de febre, não são críticos para o seu filho.

Evite tomar os fármacos analgésicos ou outras substâncias que podem ser prejudiciais ao bebê.

Antes de tomar qualquer medicamento, converse com seu ginecologista antes.

Em caso de tosse é aconselhável beber muita água e respirar vapor. Se isso não ajudar, você também pode tomar pastilhas para tosse com codeína.

Até mesmo um resfriado comum geralmente não é um problema na gravidez, você não vai precisar de medicamentos, desde que você receba oxigênio suficiente.

Óleos essenciais contra a congestão nasal ou soro fisiológico podem ajudar. Você também pode usar sprays de sal e gotas nasais para apropriado para recém-nascidos.

 

Medicamentos Para Dores de Cabeça na Gravidez

Dores de cabeça é uma queixa comum durante a gravidez. Infelizmente você tem que ter muito cuidado na escolha dos produtos, pois existem poucos medicamentos que podem ser tomados com segurança.

Mesmo aspirina, que está incluído entre os analgésicos tradicionais, ou acetaminofeno não é boa para uma simples dor de cabeça.

Eles aumentam o risco de asma e no pior dos casos podem causar deformidades em seu bebê.

No último trimestre de gravidez, essas drogas também diminuem as contrações e atrasam o processo de nascimento.

Você pode tentar um passeio calmo e curto ao ar livre ou exercícios de relaxamento como Yoga. Também um banho relaxante também pode ajudar.

Mas cuidado: dores de cabeça combinadas com distúrbios visuais, náuseas e vômitos no último trimestre de gravidez, podem indicar pré-eclâmpsia e há necessidade de um exame médico.

 

Medicação Para Febre Durante a Gravidez

Muitas mulheres grávidas sofrem de febre, pelo menos uma vez durante suas constipações na gravidez.

Este não é um problema para o seu filho. Se os aumentos de febre forem prolongados para mais de 38,5 graus, é importante consultar um médico, ele irá prescrever alguns medicamentos apropriados para a gravidez.

Tente compensar a perda de líquidos com uma grande quantidade de água.

Como mencionado no parágrafo constipações, é melhor não tomar preparações farmacêuticas contra resfriados, porque eles podem conter ingredientes perigosos.

 

Febre e Medicação na Gravidez

Medicamentos na gravidez podem levar a febre e dor de cabeça: 500 mg de paracetamol, mas somente após uma consulta médica.

Com prescrição médica e tenha cuidado com a dosagem. Medicamentos para infecções do trato urinário na gravidez
Infecções do trato urinário que ocorrem durante a gravidez sintomas iniciais são relativamente comuns.

Você nem sempre precisa de medicação. Você pode combater a infecção, mantendo o seu calor do corpo e beber bastante líquidos.

Em vez de beber sucos de frutas ou café, que irritam a bexiga, é aconselhável beber muita água ou chá de ervas.

Se você pegou uma infecção da bexiga precisa ser tratada com antibióticos porque a infecção bacteriana também pode afetar o seu filho.

Estes tipos de antibióticos não são os mesmos medicamentos que você tomaria se não estivesse grávida, deve ter uma prescrição médica.

 

Medicamentos Para Diarreia na Gravidez

Diarreia durante a gravidez é relativamente rara. Mas se você sofre, deve beber muita água para compensar a perda de líquidos.

Biscoitos e salgados irão ajudar a recuperar o nível de eletrólito. Se diarreia for grave procure aconselhamento médico, você pode tomar comprimidos de carvão vegetal ou contendo a loperamida.

 

Medicamentos Para Infecções Gastrointestinais

Infecções gastrointestinais geralmente desaparecem dentro de um curto período de tempo, após a ingestão de uma solução eletrolítica farmacêutica.

Se a infecção persistir mais de dois dias e for acompanhada por sintomas como febre, vômitos, dores de cabeça e calafrios, você deve consultar um médico imediatamente.

Pode haver intoxicação alimentar ou infecções graves. Com o tratamento médico adequado, é possível recuperar rapidamente.

Medicamentos que você pode tomar, após consulta com o seu médico para infecções gastrointestinais: penicilinas e metoclopramida, cefalosporinas, eritromicina no segundo trimestre também cotrimoxazole, dimenidrinato, meclizina.

 

Medicamentos Mais Comumente Utilizados Durante a Gravidez

– Antibióticos (para infecções): O mais seguro são penicilinas e amoxicilina;

– Analgésicos (febre): paracetamol;

– Para vômitos da gravidez: dipirona, doxylamine ou metoclopramida;

– Para a hipertensão: metildopa e hidralazina;

– Anticoagulantes: a heparina;

– Diabetes: Nos casos em que a dieta é insuficiente para controlar o açúcar, a insulina é uma escolha.

– Para a asma: salbutamol, teofilina, terbutalina, e esteróides, são os melhores, mas apenas se o tratamento for necessário.

 

Como Faço Para Tratar a Febre Durante a Gravidez?

Você pode, naturalmente, tratar a febre bebendo bastante água e descansando. Se você não sentir-se bem, fique na cama, mas evite que o cobertor te deixe muito quente.

Ele é fácil de sobreaquecer durante a gravidez, o que não é bom para você ou para o seu bebê.

Você também pode tomar paracetamol para tratar a febre durante a gravidez. Siga as instruções de dosagem que vêm com o produto.

Evite tomar ibuprofeno durante a gravidez, especialmente no primeiro e terceiro trimestre.

Outra medicação que deve ter muito cuidado é o metamizol ou dipirona, mais conhecida como a aspirina mexicana.

Ele é proibido nos Estados Unidos, mas pode ser encontrado em alguns Mercados Latinos.

Ele é vendido para reduzir a febre e dor, mas pode causar danos tanto à você e ao seu bebê.

Se a sua temperatura for superior a 39 graus C ou a causa da febre não seja clara, fale com o seu médico. Por exemplo, se você tem uma febre sem os sintomas típicos de uma gripe ou resfriado.

O seu médico pode pedir uma análise para descobrir a origem da febre. Entre os testes usuais encaixam os de urina e de sangue, o que vai proporcionar mais informação, de modo que possa detectar a fonte da febre e tratá-la.

 

Medicamentos Durante a Gravidez: o Que Tomar ou Não

Alguns podem ser utilizados com facilidade, enquanto outros são definitivamente proibidos. No entanto, a decisão final cabe ao médico.

Saber exatamente quais medicamentos são seguros para a gravidez e o que pode causar danos ao feto, é uma questão complicada.

Isto porque, diz Jorge Sandoval, ginecologista Hospital de Clínicas da Universidade do Chile, é eticamente impossível realizar estudos para determinar.

Desta forma, os médicos não tiveram outra para contar com a experiência de descobrir o que prescrever e quais não.

No entanto, a opinião geral entre os especialistas é para evitar o uso de medicamentos durante os primeiros três meses de gestação, pois nesse período os órgãos embrionários estão em formação e, por conseguinte, é mais susceptível a danos.

Isto não significa que, em certas situações não podem ser utilizados. Existem alguns medicamentos que o uso difundido de alguma forma pode dizer que já demonstrou ser relativamente segura.

Um exemplo destes é o paracetamol o mais popular. Como apontado pelo ginecologista, a Organização Mundial de Saúde (OMS) classificado como drogas que envolvem risco para a gravidez passo a passo.

Assim, eles são do tipo A, que são aqueles que podem ser utilizados com confiança; Tipo B, que corresponde a que, embora não tenha sido mostrado prejudicial, nem pode comprovar que são completamente inofensivos; Tipo C, para o qual não é evidência de que pode ser prejudicial, e tipo D, que são aqueles que definitivamente não deve ser usado.

Em qualquer caso, a chamada para todas as gestantes sempre consultar o médico, pois é o único que pode ponderar os riscos e os benefícios que prescrevem um ou outro medicamento a um paciente particular.

Em um caso, o saldo pode ser carregado para dar e outra para não dar isso. Então, não se pode generalizar.

Aqueles que fazem e aqueles sem adição de paracetamol, todas as drogas que pertencem à família do exemplo penicilina para, amoxicilina são relativamente seguros para uso durante a gravidez.

Isso não é prova suficiente e são geralmente primeiro – utilize a linha.

Quanto à aspirina, as mulheres grávidas devem ter cuidado com a sua utilização, uma vez que não é um medicamento totalmente inofensivo.

Eu não diria que ele é aconselhável usar isso rotineiramente como paracetamol.

Em relação aos xaropes para a tosse, o especialista disse que aqueles feitos a partir de ervas naturais, aparentemente, são bastante seguros.

Enquanto isso, o mais poderoso, como a codeína – por excelência antitussígena são mais limitadas, mas poderia, eventualmente, ser usado em casos urgentes.

 

Um Problema Recorrente na Temporada Primavera-Verão são as Alergias.

No caso de mulheres grávidas o mais recomendado para combater é a clorfeniramina, como explica o ginecologista, que leva um monte de tempo em uso por isso, é aparentemente mais seguro do que outros, apesar de serem mais eficiente, seus efeitos sobre a gravidez semana a semana não foram testados.

Na calçada oposta, a lista de substâncias proibidas para grávidas levam a alteração da multiplicação celular, incluindo aqueles usados para tratar o câncer.

Quase todos têm um efeito sobre a reprodução das células, por conseguinte, pode ser mais prejudicial para o embrião.

Enquanto isso, as tetraciclinas também estão entre o antibiótico contraindicado devido escurecer a cor dos dentes e, por conseguinte, não ser usada em crianças pequenas.

O mesmo aplica-se a ciprofloxacina, que afeta o crescimento da cartilagem. O especialista deve levar em conta que quanto mais tóxicos os medicamentos são, maior é o risco de que serão prejudiciais para o feto.

No entanto, não é possível generalizar, por isso é melhor quando o médico necessita prescrever qualquer medicação a verificação o que dizem aos seus pacientes.

ATUALIZADO: 06.03.17

Deixe um comentário logo abaixo sobre o que você mais gostou nesse artigo, ou sobre alguma dica extra que você deseja compartilhar conosco ou até mesmo alguma crítica sobre esse texto.

 

DICAS » RECOMENDAMOS PARA VOCÊ »

COMO SABER SE ESTOU GRÁVIDA SEM EXAMES COM 3 TESTES
QUAL A ALTURA E PESO IDEAL PARA CADA IDADE?
INFECÇÃO URINARIA: 27 INCRÍVEIS REMÉDIOS CASEIROS
20 REMÉDIOS CASEIROS PARA AUMENTAR ESPERMA
25 REMÉDIOS PARA TRATAR IRRITAÇÕES NA FACE
COMO SABER SE ESTOU GRÁVIDA NA PRIMEIRA SEMANA?
25 REMÉDIOS PARA TRATAR A DERMATITE SEBORRÉICA
10 INCRÍVEIS REMÉDIOS CASEIROS PARA ESCARAS
REMÉDIOS CASEIROS PARA SÍNDROME DO INTESTINO IRRITÁVEL
CARVÃO VEGETAL ATIVADO: BENEFÍCIOS, PRA QUE SERVE

Posso Tomar Dipirona na Gravidez? TIRA DUVIDA ATUALIZADO 2017
Avalie este post

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes. Ao continuar navegando neste site, você concorda com o uso de cookies.