Repelente Caseiro com Óleo de Citronela

Os óleos essenciais são extraídos das profundezas das plantas e, por isso, são ricos e concentrados em substâncias quase milagrosas para o ser humano e mais seres vivos.

Como não achar milagroso um produto completamente natural que é capaz de ludibriar e distanciar insetos peçonhentos, causadores de doenças e incômodos.

Sim! Há um óleo essencial bioessencia que possui qualidades repelentes fortes.

Ou seja, o verão pode ser salvo sim e de forma muito menos tóxica e prejudicial à saúde que ao se usar os repelentes industrializados convencionais!

RECEITA DE REPELENTE NATURAL

Os Poderes do Óleo de Citronela

O Óleo de Citronela propriedades é um dos mais comumente utilizados na aroma terapia por seus poderes ao bem-estar humano.

Ele possui efeitos repelentes potentes, anti-inflamatórios, calmantes para pessoas, cães e gatos, antisséptico, antifúngico, vermífugo, desodorizante e inalar o seu aroma também sacia a fome.

Como Fazer o Repelente Caseiro com Óleo de Citronela

Para usufruir das qualidades do Óleo de Citronela contra os mosquitos inconvenientes há opções variadas.

Perfumar o ambiente

Se a opção desejada for proteger o ambiente como um todo, os melhores métodos são espalhar o óleo por ele com a ajuda de um borrifador ou de um difusor.

É simples. Basta usar o difusor conforme manda a embalagem. Normalmente, o que se faz é adicionar 10 gotas do óleo e ligar o difusor ou ainda colocar 5 gotas de água e logo depois as de óleo, caso o estilo do difusor não seja elétrico.

Importante deixar em local de maior proximidade possível do chão. Assim quando subir o vapor ele irá preencher grande parte do cômodo.

No caso da utilização de um borrifador é necessário diluir o óleo em água ou álcool. As proporções são 1 água para ½ de álcool.

Medidas certas são de 60g de água, 30g de álcool e 50-70 gotas de Óleo de Citronela repelente.

Repelente
Repelente

Aplicação tópica

A aplicação do óleo direto na pele para que ela seja por si só repelente dos insetos.

Porém, esse óleo não deve ser aplicado em nenhuma condição na pele de forma pura.

Ele deve ser misturado em óleos que se associam facilmente à pele como o óleo de coco.

Sobre o autor deste artigo

Marcos Aurelio - Imagem do escritor do artigoRedator do site Dicas de Saúde é formado em enfermagem e trabalha com tratamento de feridas. Ama a profissão através do cuidado da saúde dos pacientes além de escrever sobre saúde e acrescentar algo na vida das pessoas.