Dicas de Saúde

Quais São Os Sintomas de Doença do Beijo – (Mononucleose)

Saiba que ela é mais comum do que parece e você já pode ter tido.

Quais os Sintomas de Doença do Beijo? Ah, beijar na boca é uma coisa deliciosa, ainda mais quando é com alguém que a gente gosta e ama. Se entregar pra quem a gente confia pode ser a melhor sensação do mundo. Ou não, se você prefere não ser de ninguém e conhecer todo mundo também é delicioso, a emoção e o friozinho na barriga. Mas, independente de qual seja seu caso, você já ouviu falar de mononucleose?

Também conhecida como doença do beijo, a mononucleose é adquirida através do vírus Epstein Barr da família da Vírus da Herpes, que tem como característica seu contágio facilitado. Ele mora principalmente na saliva humana e por isso ganhou esse nome. Não é nada raro em épocas como carnaval e ano novo terem picos de casos, uma vez que mesmo que a pessoa não saiba que carrega o vírus, ela pode contaminar outras pessoas.

 Sintomas de Doença do Beijo

Quais São Os Sintomas de Doença do Beijo?

Os sintomas da doença são abrangentes e podem começar a surgir de 30 a 40 dias após a transmissão, mas, existem casos onde a pessoa fica assintomática por meses ou até mesmo não descobre que está contaminada ficando nesse quadro por um ano, que geralmente é o tempo em que o vírus fica vivo no organismo humano.

Os sintomas característicos são:

  • Febre alta
  • Dor de garganta
  • Aumento dos gânglios
  • Aumento do baço e do fígado

Em caso muito graves, a pessoas pode apresentar:

  • Pele amarelada
  • Enjoo
  • Vômito
  • Dores abdominais

Os sintomas podem ter duração de 72 horas a 21 dias.

Muitas vezes a doença é identificada como infecção bacteriana de garganta e acaba sendo tratada de forma errônea, causando piora dos quadros e extensão dos dias de duração dos sintomas.

Doença do Beijo: Diagnóstico e Tratamento!

Apesar do diagnóstico ser muito confundido com uma infecção por bactérias, é totalmente possível saber se você está doente com o Epstein Barr ou não através de um um exame de sorologia que consiste em procurar fragmentos do vírus no sangue coletado para que haja confirmação do quadro.

É importante identificação do quadro porque apesar de raro, ele pode evoluir para encefalite ou meningite e se essas se complicarem, podem levar a morte.

O tratamento da doença do beijo consta na amenização dos sintomas, uma vez que não existe um tratamento específico para morte do vírus causador da doença. Os remédios orientados são para o alívio da febre, dor de garganta, náuseas e dores abdominais.

Ainda Sobre O Tratamento Da Doença do Beijo

É recomendado ao paciente que:

  • Fique em repouso absoluto por uma semana ou enquanto os sintomas forem graves. Já nas próximas semanas, ele pode voltar a ser ativo e voltar a sua rotina.
  • Uso de analgesicos.
  • Uso de corticosteróides.
  • Ingestão de bastante líquidos, uma vez que o paciente ao sentir febre perde água através do suor.

Jamais interrompa o tratamento médico por vontade própria ou por achar que está bom. Respeite a palavra do seu profissional e faça o tratamento seguindo todas as orientações até o final. Sua saúde em primeiro lugar.

Sintomas de Doença do Beijo (Vídeo)

Gostou do artigo? Leia também

Sintomas de Doença do Beijo

Quais São Os Sintomas de Doença do Beijo – (Mononucleose)
Avalie este post

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.