Dicas de Saúde

Lúpus Não Tem Cura Mas Tem Tratamento!

Ainda Não É Possível Curar Mas Há Tratamentos Para Lúpus

Os tratamentos para lúpus ainda continua sendo um tabu, a doença não tem chance de cura e a pessoa convive com os riscos pelo o resto vida. O corpo se transforma em uma verdadeira bomba relógio e pode explodir a qualquer momento. Graças aos medicamentos ainda é possível conviver com o lúpus, porém, o medo de se agravar e muito grande!

Tratamentos para Lúpus

O Que é Lúpus?

O lúpus eritematoso é uma doença autoimune que faz as células de defesa destruir as células saudáveis do corpo provocando inflamações nas articulações, pele, olhos, rins e outras regiões, não sendo um tipo de câncer. A doença geralmente é diagnosticada quando criança ainda, mas pode ser manifestada depois por causa de determinados medicamentos, inflamações e até a exposição muito intensa ao sol.

Os sintomas podem variar de pessoa em pessoa dependendo do órgão afetado pelo lúpus. Por isso, é difícil diagnosticar a doença e pode ser confundida com outra doença. Os sintomas podem aparecer rapidamente ou se desenvolvendo com o tempo. Em alguns casos se tornam permanente e em outros pode melhorar com os tratamentos para lúpus. Entretanto, como já não bastasse ter lúpus, ainda existem 3 tipos da doença. Continue lendo!

Existem 3 Tipos de Lúpus

É um verdadeiro choque para uma pessoa descobrir que as suas células estão desordenadas e estão destruindo as outras células saudáveis do corpo sem necessidade. Como já sabemos, os tratamentos para lúpus não tem cura e para tornar as coisas ainda mais difíceis a doença é classificada em 3 categorias principais.

Lúpus Eritematoso Sistêmico:

O lúpus eritematoso sistêmico provoca inflamação em vários órgãos. Principalmente, no coração, rins, pele, olhos e em vários outros locais que podem provocar outros sintomas de acordo com os locais afetados.

Lúpus Discóide:

O lúpus discóide pode apresentar lesões na pele e não afetar outros órgãos. Entretanto, o paciente com lúpus discóide pode ter a evolução da doença para o lúpus eritematoso.

Lúpus Induzido Por Medicamentos:

O lúpus induzido por medicamentos é diferente dos outros tipos e pode desaparecer com o tempo. Esse tipo é causado pelo uso de drogas e causa inflamações na pele que surgem com o uso de determinados remédios.

6 Principais Sintomas do Lúpus

Muitas das vezes não é muito fácil identificar o lúpus e conhecer os sintomas pode ajudar no diagnóstico da doença.

Mancha vermelha em forma de asas de borboleta no rosto, sobre o nariz e maçãs do rosto:

Tratamentos para Lúpus

Às vezes surgem algumas manchinhas no rosto e pensamos que pode ser apenas uma alergia simples, não dando muita importância. Além de o risco de ser um câncer de pele provocado pelo excesso de sol, pode ser um sinal de lúpus.

Procure um dermatologista e se o problemas persistir, consulte um clínico geral para melhor diagnosticar o problema. Se houver a comprovação do lúpus, é necessário seguir com o tratamentos para lúpus imediatamente!

Várias manchas vermelhas na pele que descamam e cicatrizam, deixando uma cicatriz ligeiramente mais baixa que a pele:

Outro sintoma bastante comum, é da descamação da pele. O que aparenta ser um tipo de ressecamento pode indicar lúpus. Não fique passando hidratantes para tentar resolver, procure logo um médico para descartar a chance da doença.

Manchas na pele que surgem após exposição à luz solar:

Fique atento a manchas que aparecem logo depois que a pele é exposta ao sol. Procure o médico para fazer a identificação da mancha e descartar a possibilidade do lúpus.

Pequenas feridas dolorosas na boca ou dentro do nariz

Feridas na boca e dentro do nariz podem ser facilmente confundidas com espinhas e machucados feitos pelo ressecamento da boca. Não se deixe enganar pela aparência inocente de um simples machucadinho.

Dor ou inchaço em uma ou mais articulações

A correria durante o dia causa um desgaste no corpo que pode resultar em dores e até inchaços nas articulações. Mas não se engane! A dor e os inchaços nas articulações, principalmente em várias, pode ser o sinal do lúpus.

Episódios de convulsões ou de alterações mentais sem causa aparente

Sinais de convulsões e alterações mentais sem motivo podem também ser considerados preocupantes e causar um alerta para a doença do lúpus. Já podemos considerar que episódios de convulsões e desordem mental não é considerado uma coisa normal, porém, para descartar a possibilidade de uma enfermidade maior procure o médico o mais rápido possível para um diagnóstico completo.

Como é Feito Os Tratamentos Para Lúpus?

Os tratamentos para lúpus são feitos de acordo com a situação do paciente. Para cada caso existe um tratamento específico. É necessário consultar o especialista para iniciar o tratamento de acordo com o órgão afetado. Mas os possíveis tratamentos para lúpus, são:

  • Remédios anti-inflamatórios;
  • Remédios antimaláricos;
  • Remédios corticoides;
  • Remédios imunossupressores.

Os tratamentos para lúpus com esses remédios podem causar efeitos colaterais, como vermelhidão e inflamações. Se os sintomas persistirem, o médico pode alternar os medicamentos para aliviar os efeitos colaterais!

Tratamentos para Lúpus (Vídeo)

Gostou do Artigo? Leia Também:

Lúpus Não Tem Cura Mas Tem Tratamento!
5 (99.64%) 55 votes

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.