Dicas de Saúde

Variola Sintomas Transmissão e Prevenção

Conheça tudo sobre a Varíola

Dos anos 1896 até a década de 70, a Varíola matou mais de 300 milhões de seres humanos por todos os continentes da Terra.

A alta nos números de mortes ocasionadas por essa doença se explica pela taxa de mortalidade de seu causador, o vírus Orthopoxvírus variolae, de 1 a cada 3 pessoas contaminadas sem imunidade.

A propagação da doença é tão antiga que foi descoberta ser a possível causa da morte do faraó egípcio Ramsés V, que morreu em 1142 a.C.

O surto da Varíola fez a Organização Mundial da Saúde promover uma campanha de vacinação mundial.

Ela acabou sendo um dos feitos mais eficazes da OMS e não foram noticiados casos da virose desde 1980.

Variola Sintomas Transmissão e Prevenção

Quais são os sintomas?

Os sintomas da Varíola começam a aparecer após 10 dias da contaminação aproximadamente.

  • Dores pelo corpo incluindo as regiões lombar, craniana e abdominal;
  • Fortes náuseas;
  • Febre acima de 38 graus Celsius;
  • Confusão mental e até alucinações;
  • Fadiga;

A partir de algum tempo indeterminado, a febre cede e os sintomas se agravam.

  • Surgem hematomas avermelhados que se tornam bolhas de pus. Elas começam a se desenvolver na face e se distribuem por todo o corpo irregularmente;
  • As bolhas coçam levemente e vão secando com o tempo. Ao passo que some o pus e elas diminuem, criam crostas firmes que também cedem.

Como é feito o contágio?

A transmissão da Varíola depende exclusivamente do contato dos doentes com pessoas não infectadas.

O período de contaminação dessa virose é em torno de 3 semanas e acontece por contato direto com a saliva (mesmo com pequenas gotículas) e outras secreções do mesmo.

O tempo de transmissão pode ser medido como tendo seu momento inicial quando o vírus se insere no organismo e tendo o seu momento final quando as cascas das bolhas se soltam do corpo.

Qual a maneira de prevenção?

Contra a Varíola não existe tratamento, pois não há remédio que impeça a ação viral. Visto isso, a única arma que se tem a desfavor do agente patológico é a prevenção.

Para ocorrer a prevenção contra a doença causada pelo Orthopoxvírus variolae é preciso tomar uma dose da vacina contra a varíola.

Infelizmente ou felizmente a vacina não é mais veiculada, pois a doença foi dada como erradicada mundialmente em 1980.

Variola Sintomas Transmissão e Prevenção
Avalie este post

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.