Dicas de Saúde

HIV Sintomas e Tratamento

Você sabe tudo sobre o HIV?

Dos anos 80 até hoje, o vírus HIV ficou mais contido, mas nem um pouco mais manso. Não é fácil lidar com ele, é apenas “menos difícil”.

Conhecer a AIDS é importante para todo mundo. Não só para determinada pessoa em determinada idade ou orientação sexual, ou seja, seja você hétero, homossexual, transexual, pansexual ou qualquer outra definição. E ainda tendo você a idade que for, continue lendo para descobrir, do HIV, os Sintomas e o Tratamento.

O que é HIV? O que é AIDS? Não é Tudo a Mesma Coisa? Não!

A falta de informação faz com que muitos não saibam a diferença entre o HIV e a AIDS. Esses dois nomes são dados a coisas diferentes, mas ligadas.

HIV é a sigla para um tipo de vírus. Um microrganismo que infecta os seres humanos, destrói a imunidade e fica circulando pelo sangue. Ele não provoca sintomas exclusivos (que não podem ser confundidos com outras doenças) e, por isso, você não sabe quem tem ou não HIV.

Aids é o nome dado a doença causada pelo vírus HIV. Ela também pode ser chamada como SIDA (síndrome da imunodeficiência humana).

Resumindo… HIV é o vírus. Aids é o nome da complicação após a infecção.

Situações de Risco

Antigamente, as pessoas tinham uma ideia do que era um aidético. Era alguém magro e definhando num hospital. Para o bem, essa realidade mudou. É possível que o doente pareça com qualquer outra pessoa saudável.

Por outro lado, a mudança fez com que a Aids tenha se tornado “normal” e mascarada. Ela não é exclusiva de gays ou de pessoas magras e abatidas. Ela pode estar em qualquer um a qualquer momento. E, no Brasil, os números de infectados só aumentam.

Mas, sem o tratamento adequado, o HIV provoca alguns sintomas que merecem atenção. Principalmente se você se expôs recentemente a situações de risco como:

  • Sexo sem camisinha;
  • Uso de agulha sem esterilização;
  • Transfusão de sangue sem controle seguro;
  • Rompimento do preservativo.

HIV Sintomas e Tratamento

HIV Sintomas

O ataque do vírus às células de defesa acontece em 2 etapas.

A primeira etapa é bem sútil. Ocorre em de 3 a 6 semanas depois do contágio. Nela, o corpo está tentando lutar contra a doença e, por isso, surgem sintomas como:

  • Febre;
  • Inchaço nas glândulas linfáticas;
  • Dor no corpo.

Em torno de 10 anos depois que o vírus já contagia o corpo, os sinais mais expressivos da doença começam a aparecer. Nesse período, o organismo está bastante fraco e a imunidade cai bruscamente.

  • Falta de apetite;
  • Febre alta e constante;
  • Falta de energia;
  • Perda de foco;
  • Dores pelo corpo e nas articulações;
  • Perda rápida de peso;
  • Enjoo e diarreia;
  • Manchas pelo corpo, hematomas e feridas;
  • Candidíase e aumento de doenças infecciosas como resfriados, infecções fúngicas, inflamações.

HIV Tratamento

O tratamento disponível para a Aids não é uma cura definitiva. Não é simples, mas melhora muito a qualidade de vida.

Depois do contágio, as consultas com o médico, os exames de sangue e a dosagem dos medicamentos devem ser feitos imediatamente. Basta 1 remédio todos os dias que pode ser tomado antes de dormir.

Mesmo assim, para uma vida normal, feliz e saudável, é importante praticar atividades físicas, se alimentar corretamente, não fazer uso de drogas lícitas ou ilícitas e manter sempre um sexo seguro.

HIV – Prevenção

Se alguma situação de risco acontece, existe a PEP (Profilaxia Pós-Exposição). É o uso de vários medicamentos durante 28 dias que ajudam o corpo a combater o vírus.

Até 72 horas após a situação de risco a PEP terá seu efeito “garantido”.

Contudo, seu uso apresenta efeitos colaterais fortes.

Mais Informações Sobre o HIV (VÍDEO)

HIV Sintomas e Tratamentos (VÍDEO)

Veja como se Prevenir (VÍDEO)

HIV Sintomas e Tratamento
Avalie este post

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.