Conheça os 04 Tipos de Cirurgia Bariátrica

Saiba quais são os 04 tipos de cirurgia bariátrica e suas principais diferenças

A obesidade é uma doença que atinge milhões de brasileiros, é uma doença com graves complicações, podendo ser até fatal.

Entre as complicações mais graves estão problemas cardiovasculares que incluem infarto do miocárdio e acidente vascular cerebral, além de hipertensão e diabetes. O tratamento mais severo da obesidade é cirurgia bariátrica.

A cirurgia bariátrica se tornou comum para pessoas que não conseguem emagrecer e estão correndo risco de vida.

No Brasil, o Ministério da Saúde incluiu o procedimento no Sistema Único de Saúde (SUS), em vista do problema que é muito prejudicial e é considerado a epidemia do século XXI.

Veja Também: Programa Passo a Passo SECA até 10Kg em 14 Dias. Testado e Aprovado por mais de 10.197 pessoas

Existem 04 diferentes tipos de cirurgia bariátrica reconhecidas pelo Conselho Federal de Medicina, são elas: Banda Gástrica Ajustável, Gastrectomia Vertical, Bypass Gástrico e Derivação Bileopancreática.

Em cada uma tem um procedimento e preparo diferente.

 

>> Recomendamos Para Você:

 

(VÍDEO) Principais Técnicas de Cirurgia Bariátrica

 

(VÍDEO) Cirurgia bariátrica: Conheça os benefícios e riscos!

 

(VÍDEO) Efeito Platô – Cirurgia Bariátrica

 

>>>Tipos de Cirurgia Bariátrica:

Banda Gástrica

No procedimento da cirurgia bariátrica com Banda Gástrica é inserido um dispositivo de silicone no estômago do paciente.

Este dispositivo fica interligado com uma espécie de reservatório no qual é possível injetar água destilada para apertar mais o estômago ou esvaziar para aliviar a restrição.

Cerca de 5% das pessoas que fazem cirurgia bariátrica participam deste procedimento.

A vantagem da Banda Gástrica é que pode ser reversível e minimante invasivo, melhorando a recuperação pós-cirúrgica.

O problema deste tipo de cirurgia bariátrica é que há riscos de rejeição da prótese ou infecção.

A Banda Gástrica não é indicada para pacientes com compulsão por doces, portadores de esofagite de refluxo e hérnia hiatal volumosa.

Ela é inadequada ainda para pacientes com compulsão por doces, portadores de esofagite de refluxo e hérnia hiatal volumosa.

 

Gastrectomia Vertical

A gastrectomia vertical é um tipo de cirurgia bariátrica mais agressivo do que a Banda Gástrica, neste procedimento é removido de 70 a 85% do estômago do paciente.

Desta forma, é reduzido também o hormônio grelina, que é associado à fome. Esta cirurgia corresponde a 15% dos procedimentos.

A Gastrectomia Vertical é um procedimento cirúrgico irreversível, porém, caso o paciente não tenha resultados satisfatórios, é possível transformar a Gastrectomia Vertical nos outros dois procedimentos: Bypass Gástrico ou Derivação Bileopancreática.

Por ser um procedimento mais invasivo, a Gastrectomia Vertical tem maiores riscos de complicações aos pacientes.

 

Bypass Gástrico

O Bypass Gástrico é um procedimento diferente dos dois apresentados antes, esta cirurgia bariátrica diminui para a 10% a capacidade do estômago.

O procedimento restringe a quantidade de comida ingerida e desvia o alimento para a primeira porção do intestino, chamada duodeno, até a porção intermediária do órgão, chamada jejuno.

Dentre todos os tipos de cirurgia bariátrica esse é o mais realizado, 75% dos pacientes realizam esta cirurgia.

Com o Bypass Gástrico, também há redução do hormônio grelina, causando saciedade. Os riscos deste procedimento envolvem embolia pulmonar e infecções.

 

Derivação Bileopancreática

A Derivação Bileopancreática é um procedimento que associa a Gastrectomia Vertical, retirando 85% do estômago, com desvio alimentar para o intestino.

Com esta cirurgia, o alimento é desviado por um caminho e os sucos digestivos (bile e suco pancreático) venham por outro e se encontrem a 100 cm de acabar o intestino delgado, esse tipo possibilita maior perda de peso.

medico emagecer mulher azul

 

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ »

Recomendados Para Você:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

  • I just want to tell you that I am just very new to blogging and honestly enjoyed your blog. Most likely I’m planning to bookmark your blog post . You surely have incredible articles and reviews. Thanks a lot for sharing your website.